Queridos leitores...

No blog Histórias da Sementinha reúno histórias Bíblicas infantis para serem trabalhadas com as crianças, meu intuito é cooperar para que a Palavra de Deus possa chegar às crianças de forma lúdica, eficaz e verdadeira.

As histórias contidas no blog foram coletadas na internet para o meu uso pessoal, com o tempo comecei a postar para deixá-las reunidas de forma a facilitar meu ministério diário, o que começou como uma simples coleção de histórias se espalhou e se tornou útil também para diversas pessoas, sendo mães, pais, avós e ministros do evangelismo infantil.

Estou completamente aberta à sugestões e críticas CONSTRUTIVAS. Se for encontrado no blog qualquer erro de ortografia, irregularidade contra a lei de direitos autorais, ou histórias que estão em desacordo com a Bíblia Sagrada peço que entre em contato comigo para que eu possa imediatamente corrigir, me retratar ou excluir a postagem, peço a compreensão de todos e apesar do meu pouco tempo disponível para a manutenção deste blog, espero que ele seja diariamente um instrumento de bênção na vida das pessoas, principalmente àqueles que possuem pouco ou nenhum recurso para a divulgação do Evangelho de Jesus Cristo nosso Senhor.

Aproveitem as histórias, divulguem e não esqueçam de deixarem mensagens, farei questão de responder a cada uma!

Que Deus abençoe cada visitante! Para todos deixo o Salmo 139.

.

.

7 de maio de 2012

A formiguinha e a neve



Para ouvir esta história, feche os olhos e imagine uma cidade bem bonita. Uma cidade onde bicho fala e homem entende.Nessa cidade, havia uma formiguinha que trabalhava sem parar. Ficava o dia inteiro procurando alimento para que quando o inverno chegasse ele não lhe faltasse. Nos dias difíceis de trabalho, a formiguinha se alegrava com o canto da cigarra.- Como é bom ouvir dona Cigarra cantando!Um dia, sabendo que o inverno estava quase chegando, ela correu para buscar uma última folhinha que havia deixado perto de uma árvore.No caminho, de repente, caiu um floco de neve bem em cima do seu pezinho. E a pobrezinha ficou presa!Desesperada, sem saber como soltar o seu pezinho, ficou com medo de morrer de fome ou de frio e começou a gritar:- Socorro! Quem vai me libertar deste floquinho de neve?Foi quando viu o Sol no alto do céu e pediu:- Ó! Sol, você que é tão forte, por favor, derreta a neve e desprenda o meu pezinho...O Sol respondeu:- Pobre Formiguinha! Eu não sou tão forte. Mais forte do que eu é o muro, que impede os meus raios luminosos e quentes de passar!A formiguinha virou-se para o Muro e perguntou:- Ó! Muro, já que o senhor é tão forte, que tapa o Sol, que derrete a neve, por favor, desprenda o meu pezinho!O Muro virou-se para a Formiguinha e disse:- Pobre Formiguinha, nada posso fazer! Mais forte do que eu é o Rato que me rói!


Desanimada, a Formiguinha viu um rato, apressado, passando bem perto do muro e perguntou:- Ó Rato, me ajude! O senhor que é tão forte, que rói o Muro, que tapa o Sol, que derrete a neve, desprenda o meu pezinho!O Rato, seguindo o seu caminho apressadamente, fugindo do frio, respondeu:- Pobre Formiguinha; mais forte do que eu é o Gato, que me come!Já com poucas forças, a Formiguinha avistou o Gato:- Por favor, senhor Gato, me socorra. O senhor que é tão forte, que come o Rato, que rói o Muro, que tapa o Sol, que derrete a neve, desprenda o meu pezinho!O Gato, caindo de sono, respondeu:- O Cão é mais forte do que eu. Ele vive me perseguindo.Desanimada, sem saber como sair dali, viu que um cão passava por perto:- Por favor, senhor Cão, você que é tão forte, que corre atrás do Gato, que come o Rato, que rói o Muro, que tapa o Sol, que derrete a neve, desprenda o meu pezinho!O Cão, sem dar muita atenção à Formiguinha, respondeu:- Mais forte do que eu é o Homem, que me bate.Já perdendo a coragem de viver, sentindo o frio aumentar, viu um homem vindo ao longe. Quando ele chegou perto, ela implorou:- Por favor, Homem, você que é tão forte, que bate no Cão, que persegue o Gato, que come o Rato, que rói o Muro, que tapa o Sol, que derrete a neve, desprenda o meu pezinho!

O Homem, sentado em uma pedra, preocupado só com a sua vida, respondeu:- Mais forte do que eu é a Morte, que me mata!Já bem fraquinha e com muito medo, viu dona Morte se aproximar e implorou:- Dona Morte, a senhora que é tão forte, que mata o Homem, que bate no Cão, que persegue o Gato, que come o Rato, que rói o Muro, que tapa o Sol, que derrete a neve, desprenda o meu pezinho!E dona Morte, sem nenhum sentimento, respondeu:- Mais forte do que eu é Deus, que me governa!Percebendo que ia morrer, a Formiguinha abaixou a cabecinha e começou a orar baixinho:- Meu Deus, o Senhor que é tão forte, que governa a Morte, que mata o Homem, que bate no Cão, que persegue o Gato, que come o Rato, que rói o Muro, que tapa o Sol, que derrete a neve, desprenda o meu pezinho!Deus, que tudo ouve e a todos socorre, mandou que a primavera chegasse, enchendo os campos de flores e o céu de luz e brilho.Vendo a Formiguinha quase morta de tanto frio, colocou-a entre as suas mãos e lhe fez um carinho. Depois, levou para o seu reino onde não havia inverno, onde o sol brilhava todos os dias, enchendo os campos de flores, de alegria e de paz.E esta história entrou no ouvido e saiu no meu coração...

(Adaptação da história feita pelas autoras da coleção de livros “Baú do Professor – Histórias e Oficinas Pedagógicas )

Um comentário:

  1. NOSSA AMEI ESSE SITE ESTOU TRABALHANDO COM AS CRIANÇAS AONDE EU CONGREGO , FAZ POUCO TEMPO ESTOU MEIO PERDIDA AINDA, GOSTEI DESSE SITE PORQUE TEM MUITAS IDEIAS Q EU POSSO , FAZER COM AS CRIANÇAS O GRUPO SE CHAMA SEMENTINHA DE JESUS ,PARABENS PELO SITE FIQUEM COM DEUS E QUE DEUS ABENÇOE MUITO VCS

    ResponderExcluir

Deixe seu recadinho!!!