Queridos leitores...

No blog Histórias da Sementinha reúno histórias Bíblicas infantis para serem trabalhadas com as crianças, meu intuito é cooperar para que a Palavra de Deus possa chegar às crianças de forma lúdica, eficaz e verdadeira.

As histórias contidas no blog foram coletadas na internet para o meu uso pessoal, com o tempo comecei a postar para deixá-las reunidas de forma a facilitar meu ministério diário, o que começou como uma simples coleção de histórias se espalhou e se tornou útil também para diversas pessoas, sendo mães, pais, avós e ministros do evangelismo infantil.

Estou completamente aberta à sugestões e críticas CONSTRUTIVAS. Se for encontrado no blog qualquer erro de ortografia, irregularidade ou histórias que estão em desacordo com a Bíblia Sagrada peço que entre em contato comigo para que eu possa imediatamente corrigir, me retratar ou excluir a postagem, peço a compreensão de todos e apesar do meu pouco tempo disponível para a manutenção deste blog, espero que ele seja diariamente um instrumento de bênção na vida das pessoas, principalmente àqueles que possuem pouco ou nenhum recurso para a divulgação do Evangelho de Jesus Cristo nosso Senhor.

Aproveitem as histórias, divulguem e não esqueçam de deixarem mensagens, farei questão de responder a cada uma!

Que Deus abençoe cada visitante! Para todos deixo o Salmo 139.

.

.

16 de fevereiro de 2012

O rei Josias


- Josias que estás a fazer? – pergunta a mana ao passar pelo quarto do pequenote.
- Estou a brincar aos Reis – exclamou o Josias com um ar muito importante.
- Pois, estou a ver! – disse a mana muito divertida. – Até tens uma coroa.
- E uma capa. – acrescentou, dando uma voltinha para que ela a pudesse ver.
- Então és um rei. E como se chama o rei? - perguntou a mana que parecia querer entrar na brincadeira.

- Ora, chama-se Josias. Tem o meu nome, porque sou eu que sou o rei. – respondeu como se fosse algo óbvio.
- Hmm… Josias dizes tu? Sabes que existiu um rei com o teu nome? – perguntou a mana enquanto se dirigia a prateleira dos livros do Josias.
- Existiu mesmo, mana? Um rei a sério? – perguntou ele cheio de curiosidade.
- Sim, existiu há muitos, muitos anos. Onde está a Bíblia com imagens que a mãe te deu? – perguntou ainda remexendo por entre os livros.
- Está aqui mana, na minha mesa de cabeceira. – disse o pequenote apontando para a mesinha que ficava ao lado da cama. – eu gosto que a mamã me leia antes de dormir.
- Passa-ma cá, se faz favor. – pediu a irmã.
O Josias pegou no livro e dirigiu-se à irmã, sentando-se no colo dela.
- Deixa-me cá ver onde está. – disse ela enquanto desfolhava o livro, procurando pela história. – Encontrei-a! – exclamou mostrando ao pequeno as ilustrações.
- Mas mana, esse não é um rei, é só um menino! – afirmou oJosias muito certo daquilo que estava a dizer.
- Mas é mesmo este. É que este menino que se chamavaJosias como tu, tornou-se rei quando tinha oito aninhos.


Quando o rei Josias tinha 26 anos, enviou o escriba Safã ao templo, para que ele dissesse a Hilquias, o sumo sacerdote, para ele usar o dinheiro que tinha sido trazido á casa do Senhor para concertar o templo que estava em más condições devido ás muitas guerras.

Um dia Hilquias entregou a Safã o Livro da Lei que tinha encontrado no Templo, para que ele pudesse ler. Safã, imediatamente o levou ao rei Josias e leu para ele.
- Mana, o que era o Livro da Lei? - perguntou o Josias que ouvia a história com muita atenção.
- O Livro da Lei era um livro que tinha sido escrito por Moisés com instruções de Deus de como se devia viver e o que se devia e não devia fazer.
- Então era um livro muito importante! - comentou muito acertadamente.
- Sim... Um livro muito, muito importante. - concordou a mana. - Quando o rei Josias ouviu o que estava escrito nele, rasgou as roupas para mostrar que estava muito triste e preocupado.
- Porque é que ele ficou triste? Eu ficava contente se encontrasse um livro tão importante. - O Josias parecia confuso.

- Ficou triste porque, ao ler o que nele estava escrito, descobriu que ele e o povo não estavam a fazer o que Deus tinha ordenado e sabia que Deus estava zangado.
- Mas mana, ele não sabia.
- Agora já sabia! E o que se deve fazer quando se aprende que se estava a proceder de forma errada?
- Deve-se pedir desculpa e não fazer outra vez. Não é mana?
- Muito bem!
- E o que é que ele fez?
-Mandou seus homens irem consultar o Senhor sobre as palavras do livro e sobre o seu problema. E assim Safã,Hilquias e mais três homens foram consultar a profetisaHulda.
- O que é uma profetiza?
- Profetiza era uma mulher a quem as pessoas recorriam quando queriam saber a opinião de Deus sobre um assunto. As pessoas falavam com ela e ela falava com Deus e depois dava-lhes a resposta de Deus. - Explicou ela com paciência. - E Hulda deu-lhes a resposta de Deus dizendo: “ Assim diz o Senhor: trarei males sobre este lugar e sobre seus moradores, porque eles se esqueceram de mim.”

- Ohhh! - exclamou o Josias.
- Mas Deus também deu uma mensagem especial paraJosias, por ele se ter preocupado com a situação, ao saber que estava a proceder mal. Disse-lhe que ele não iria ferir o povo enquanto ele fosse vivo. - fez uma pausa para virar a pagina. - Então Josias reuniu todo o povo e juntos foram ao Templo. No Templo o rei leu o Livro da Lei para que todos soubessem o que estava escrito e prometeu a Deus que obedeceria ás palavras do livro e que seguiria a Deus de todo o coração.
- E ele fez o que prometeu? – perguntou o Josias.
- Sim. Depois da promessa que ele fez a Deus ele destruiu todos os altares que o povo tinha feito para adorar outros deuses, deuses que na verdade não existem. E ensinou o povo de que só deviam adorar ao verdadeiro Deus. E a promessa que Deus lhe fez, Deus a cumpriu, porque Deus cumpre as suas promessas. Enquanto o rei Josias viveu, Deus não enviou males ao povo.
- Ser rei é muito difícil.- comentou o Josias muito serio. - Têm que se fazer coisas acertadas. - A mana concordou. - Eu gostava de ser um rei como o rei Josias. Ele foi um bom rei porque fez o que Deus mandou e por isso o povo viveu bem enquanto ele reinou, não foi mana? – perguntou o Josiascom o peito cheio de ar.

- Sim meu amor, a Bíblia diz que como ele, não houve outro igual. – a estas palavras da mana, o Josias já pouco prestou atenção. Tinha pegado na Bíblia ilustrada e começado a dizer para os seus peluches:
- Temos que fazer o que Deus manda, para que não fique triste conosco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recadinho!!!